7 estratégias INCRÍVEIS para ajudar o bebê a dormir melhor

7 estratégias INCRÍVEIS para ajudar o bebê a dormir melhor

Receba este e-book GRATUITAMENTE em seu e-mail

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Como saber se o bebê está com fome?

Quando a criança ainda é pequenininha, no seu começo de vida, nós mães temos alguma dificuldade em identificar o que o bebê quer: será que ele está com frio? Será que o bebê está com fome? Será que precisa trocar a fralda? São tantas as possibilidade que fica difícil entender o que ele quer naquele momento.

amamentação 1 - Como saber se o bebê está com fome?
Será que o bebê está com fome? Conheça os sinais


A gente sabe que a comunicação da criança é o choro, mas não é só isto, o bebê usa todo o seu corpo para se comunicar, dar sinais daquilo que está precisando no momento.

E isto é tão verdade, que quando o bebê está com fome e começa a chorar, isto é considerado um sinal tardio, ou seja, ele já deu indicações anteriores, antes de ficar estressado com o choro.


Além disto eu vou te falar dos sinais que o bebê dá de que não está se alimentando direito, uma dica de ouro para você que quer ter sucesso na sua amamentação e te ajudar a diferenciar fome de cólica.

Uma pesquisadora australiana identificou e publicou os sinais de fome do bebê em sinais precoce, sinais moderados e sinais tardios.

Será que o bebê está com fome: Sinais precoce

Os sinais precoce indicam “mamãe, estou com fome” a situação ainda é relativamente tranquila e o bebê pode ser facilmente atendido.


Estes sinais precoces costumam ser:

  • Mexer-se, o início de uma agitação: O bebê que estava dormindo ou tranquilo brinquedo passa a se mexer com mais frequencia, demonstrando o começo de desconforto;
  • Vira a cabeça procurando a mama: o bebê passa a virar a cabeça e abrir a boca procurando a mama;
  • Mão em punho: as mãos do bebê estão fechadas, em punho;
  • Um outro indicativo de que o bebê pode estar precisando de alimento é o horário. Se já faz pelo menos 2h que o pequeno se alimentou um início de agitação pode ser sinal de fome.

Sinais moderados de que o bebê está com fome

Os sinais moderados indicam “mamãe, me alimente agora!” a fome apertou.

Normalmente quando o bebê chega nesta etapa ele começa a dar sinais corporais mais intensos como:

  • esticar-se: o bebê passa a esticar braços e pernas;
  • aumenta a movimentação do corpo: a agitação passa de inicial para moderada, demonstra desconforto;
  • faz movimentos e sons de sucção: o bebê passa a “mamar” a própria boca (normalmente a língua), é possível identificar os sons da sucção e a movimentação;
  • leva a mão na boca: a criança leva as mãos fechadas a boca, também buscando a sucção;

E o que acontece se deixarmos passar desta etapa. O bebê evolui para fome somada a muito estresse: chegamos aos sinais tardios de fome.

Bebê com fome: sinais tardios

Ele começa a ficar irritado, a ficar agitado.

E quando isto acontece normalmente se colocarmos no peito ele não mama direto, é preciso acalma-lo minimamente antes de colocar para mamar.

Pegar no colo, fazer uma carinho corpo com corpo e ninar o bebê para agitação reduzir e só depois coloca no peito.

Entenda que o bebê ainda é super imaturo com relação as suas emoções, e tem que ser assim mesmo, então ele não lida com a fome a frustração como um adulto – a lógica diz, se você está com fome e estão te oferendo comida: aceite! Mas para alguns bebês isto não vai acontecer. Ele está com fome, a mamãe esta oferecendo comida, mas ao invés de se alimentar ele vai gritar cada vez mais.

  • Choro: um choro agitado e estridente, indicando sofrimento;
  • Agitação maior: o bebê que até então só estava se mexendo e esticando passa a chutar, mover as pernas e braços com mais vigor;
  • Coloração avermelhada na pele: a irritação aumentada faz com que o bebê fique com a pele avermelhada, em alguns casos;

Embora no começo possa ser desafiador identificar estes sinais, em especial os precoces, com o tempo você vai ficar craque nisto e até o seu corpo vai te ajudar.

Algumas mulheres notam, se passa da hora de amamentar, que as mamas ficam mais inchadas e muitas vezes até avermelhadas.

Outros sinais que seu corpo pode dar é a sensação do leite descendo e as mamas começarem a vazar – este era o meu sinal, eu sempre precisava usar protetor, por que eu produzia muito leite no começo – depois meu corpo ajustou a produção ao que o Rafael tomava, mas no começo meu corpo era adepto da teoria “melhor sobrar do que faltar”.

A aí você diz, a Renata isto tudo é lindo, mas eu não consegui amamentar o meu bebê, ele toma mamadeira, como saber neste caso?

Os sinais físicos que o bebê que toma mamadeira dá de que ele está com fome são os mesmos do bebê que mama no peito, a diferença principal está relacionada aos horários, que para mamadeira são mais regulares do que o bebê que mama no peito em livre demanda.

E para mulheres que não conseguiram amamentar?

E se você esta chegando por aqui agora, seu bebê ainda é bem pequenininho eu tenho uma notícia para te dar, para algumas mulheres amamentar é algo bastante natural, intuitivo e acontece, as vezes com alguns percalços no caminho, mas nada de muito grave. Já para outras o caminho é mais longo, e é comum, nestes casos, a mãe se sentir exausta, frustrada, com vontade de desistir.

Os problemas que realmente impedem a amamentação – que não dá mesmo para amamentar, são raros, mas existem os entraves que muitas vezes fazem com que a mãe acabe desistindo – mamilos rachados e com fissuras, dor nas mamas, leite que não desce, febre… enfim, um monte de coisas pode acontecer e para supera-las é preciso muita força de vontade e ajuda de verdade.

O que acontece é que as vezes a gente acaba procurando um profissional, que opta pelo caminho mais fácil, dar a mamadeira!

Mas se não é isto o que você quer, se você tem o desejo de amamentar o seu bebê, é preciso procurar ajuda de verdade – uma consultora de amamentação, um pediatra especialista em amamentação, um GO especialista em mamas… todos profissionais que podem te ajudar a ir eliminando cada um destes problemas para você realizar este sonho.

E para todas as mulheres, na minha opinião, se preparar é fundamental. Saber o que está para vir e conhecer os principais problemas, já logo no início ajudam demais no sucesso da sua amamentação.

Nós estamos no Agosto Dourado, o mês da amamentação, e para celebrar eu preparei algumas iniciativas para te ajudar.

Canal no Telegram: no canal do Telegram do Vem Sem Manual estou postando dicas exclusivas para te ajudar com a amamentação. Se você ainda não faz parte, vem se juntar a nós – basta ter o aplicativo instado no seu celular (baixa na sua loja de aplicativos, é gratuito) e entrar no canal clicando aqui Telegram Vem Sem Manual.

Programação especial no canal no YouTube: programei pelo menos 3 vídeos de amamentação por semana no nosso canal no YouTube.

Aumentar a produção de leite materno sem remédio

Mini curso online e gratuito: amamentação para todas, um mini curso online e gratuito para fechar o mês com chave de ouro. Eu vou mandar os links das aulas no Telegram então não perde a oportunidade e acessa aqui.

Você esta avaliando todos os sinais de fome do bebê, mas ainda não tem certeza?

Você também pode olhar os sinais de que o bebê está se alimentando o suficiente.

Será que o bebê está comendo o suficiente?

O primeiro dos sinais é verificar se o bebê está fazendo xixi e cocô com regularidade. Nos primeiros meses é normal trocar de 8 até 12 fraldas por dia – no mínimo 6 fraldas de xixi.

Bebês que mamam exclusivamente no peito – até os seis meses de idade, podem ficar dias sem evacuar sem que isto seja um problema, mas o xixi é fundamental, ok? Clique aqui para ler o post.

Um outro sinal é com relação ao comportamento do bebê, ele fica calmo após as mamadas? Ou fica mais agitado? O normal é ficar calmo, tranquilo, a maioria deles, embora não seja regra, dorme logo após mamar

O bebê está ganhando peso regularmente? A partir da segunda semana de vida o bebê ganha, em média, de 20g a 25g por dia

Se ele não estiver ganhando este peso, é preciso procurar ajuda médica imediata.

E aqui novamente o seu corpo pode te ajudar, dando sinais de que o leite esta ficando na mama ao invés de na barriguinha do bebê – se você notar sinais de dor nas mamas, febre, calafrios, fissuras nos mamilos é preciso também procurar ajuda médica para você e para identificar se o seu bebê está ganhando peso.

E ai, eu te ajudei a identificar se o bebê está com fome? As informações de hoje foram úteis para você?

Então deixa aquele joinha especial aqui pra mim e compartilha este texto com outras mulheres que também podem se interessar por este conteúdo.

Espero realmente que eu tenha te ajudado, eu vou ficando por aqui, tchau tchau fica com Deus.

beijinho

Renata

Receba AGORA meu livro

Receba AGORA meu livro

Ajude seu bebê a dormir melhor

Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *